18 de junho de 2017

Como cultivar flores, plantas e temperos em qualquer cantinho da casa

Imagem relacionada

Não é preciso morar em uma casa com um quintal e um jardim para poder ter flores e hortinhas com temperos né? Por isso, o primeiro passo é analisar se o espaço recebe a luz do sol, se bate vento ou se fica na sombra durante o dia inteiro, por exemplo. Vamos lá? 





As pessoas têm o costume de sair comprando flores e outras mudas antes de saber se ela pode ou não se adaptar ao local. Qualquer um pode ter uma planta, mas não é qualquer planta que pode ser cultivada dentro de casa.

Toda planta precisa de condições mínimas para crescer, mas a grande variedade permite que você tenha seu jardim particular dentro de casa. 

Outra dica valiosa é aproveitar bem as áreas com mais claridade. "Flores como lírio-da-paz e antúrio, por exemplo, não precisam de sol e ficam bem em ambientes internos. Mas o ideal é deixar em locais mais claros da casa, perto de janelas e portas".



Para não ver sua plantinha murchar, tome nota dos cuidados e saiba quais são os locais ideais para cada espécie:



Sacada: Precisa de plantas resistentes ao vento, que acaba ressecando as folhas. Entre as mais indicadas estão: jabuticabeira ou pitangueira, que se adaptam bem em vasos; flor-de-coral ou pleomele (planta tipo arbusto). A rega deve ser feita uma vez ao dia, no período da manhã ou no fim da tarde.


Banheiro: Se tiver um mínimo de claridade, pode ser um bom ambiente para violetas, que gostam de umidade. Outras opções são: a rafis (palma-de-cristo) ou a árvore da felicidade. Uma dica importante é nunca deixar a planta muito perto do chuveiro por causa do vapor quente.


Sala: Para deixar o ambiente verde e florido, você pode optar por espécies mais resistentes, como a orquídea borboleta, que é uma planta que se adapta bem em locais fechados e com ar condicionado; a orquídea sapatinho, que gosta de sombra; ou o filodendro, que precisa apenas de luz indireta.


Cozinha: O sonho de toda mulher é ter sua própria horta com temperos para poder cozinhar. E para realizar esse desejo, é preciso ter alguns cuidados. As plantas de hortas - manjericão, hortelã, alecrim, cebolinha, entre outras - precisam de, no mínimo, quatro horas de sol por dia. Fora isso, algumas especiarias devem ser plantadas em vasos diferentes.


Manjericão e alecrim, por exemplo, crescem bastante e precisam de um vaso um pouco maior, com 30 cm de altura. Já a hortelã produz brotos pelas raízes e é invasora, por isso deve ganhar um cantinho à parte. A rega também deve ser diária, mas sem excessos.


SEGREDINHOS:



Vaso: Dê preferência para os que têm furos na parte inferior para poder escoar a água. Os de barro, que são mais porosos, também ajudam a arejar as raízes. Para samambaias, os ideais são os de fibra de coco. Na sacada, onde venta muito, utilize vasos de plástico, que ajudam a reter a água.


Terra: Use a vegetal, que já foi processada e está livre de fungos, bactérias e sementes de ervas daninhas. O produto pode ser encontrado em supermercados e lojas de jardinagem.


Adubo: Tanto os líquidos (que são diluídos na água) quanto as versões em grãos devem ser aplicados a cada três meses, respeitando a quantidade descrita nas embalagens.

Regar: Sempre no período da manhã ou no final da tarde. Nunca regar a planta no período em que o sol está quente. Vale verificar se a terra já está úmida antes de regar a planta novamente. Se estiver, espere mais ou pouco ou reduza a quantidade de água.
© Anne Lima - 2016 | Todos os direitos reservados. | Blog de Anne Lima | Tecnologia do Blogger